31 de março ou 1º de abril? Um golpe de Estado contra o povo

“31 de março ou 1º de abril? Um golpe de Estado contra o povo” foi o tema do evento realizado pela Comissão da Verdade da APSP em parceria com a Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP) e com o Centro Acadêmico Emílio Ribas (Caer) e reuniu diversas pessoas no auditório João Yunes da FSP/USP.

No dia 31 de março, a mediação foi de Carlos Botazzo (CV/APSP e FSP/USP). A mesa de abertura contou com as presenças de Marília Louvison, presidente da APSP, de Miguel Ângelo, do Caer, e de Victor Wünsch Filho, da FSP/USP. Todos destacaram a importância da realização do evento que lembra os 50 anos do golpe militar.

Os presentes assistiram a um vídeo de entrevista realizada com Rosa Cardoso, da Comissão Nacional da Verdade.

Anamaria Tambellini (Comissão da Verdade da Reforma Sanitária – Cebes-Abrasco), Adriano Diogo (Comissão da Verdade Rubens Paiva – Alesp), Gilberto Natalini (Comissão da Verdade da Câmara Municipal de São Paulo) e Carlos Botazzo (Comissão da Verdade da APSP) debateram o tema.

No dia 1º de abril o evento contou com a presença da professora Elza Berquó, que proferiu a palestra “O que você estava fazendo no dia 1º de abril de 1964?”. Elza Berquó foi homenageada pelos representantes do Caer.