APSP e Cosems/SP realizam oficinas de regionalização

*Com informações do Cosems/SP

A APSP e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems/SP) realizaram oficina de regionalização no dia 22 de setembro, na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Vários gestores municipais e estaduais participaram do evento, que tem como um dos objetivos fortalecer o processo de regionalização no Estado de São Paulo.

“A região é onde está o território, as pessoas, a rede viva da saúde. Agradeço ao COSEMS/SP por poder construir conosco este processo de educação permanente e na produção de conhecimento da gestão”, afirmou Marília Louvison, presidente da APSP.

Cláudia Meirelles, Secretária Municipal de Saúde de Salto e diretora de comunicação do Cosems/SP acredita que o tema seja “visceral” para a sustentação do SUS. “No estado de São Paulo temos mais de 400 Municípios com menos de 50 mil habitantes e que dependem de serviços de referência, de uma região estruturada”, disse.

O representante da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Affonso Viviani Júnior, da Coordenadoria de Regiões de Saúde, ressaltou a parceria da SES/SP com o Cosems/SP. “A regionalização do Estado já caminha há 40 anos. Avançou ainda mais com o Pacto pela Saúde, em 2006, e o movimento realizado entre COSEMS/SP e SES/SP, no desenvolvimento deste processo. É o momento de reflexão do que já foi construído e de consolidar as Redes Temáticas para fortalecer os territórios”.

Maria Dalva Amin dos Santos, representante do Ministério da Saúde afirmou que “os municípios estão estrangulados, a demanda cresce a cada dia, sendo necessária uma organização das Redes de forma solidária”.

A oficina realizada em São Paulo foi a primeira. No dia 30 haverá oficinas em Campinas (Rua Delfino Cintra, 63, Centro) e Marília (Unimar, Faculdade de Direito) e no dia 01/10 as oficinas serão em Ribeirão Preto (Rua Prudente de Moraes, 35, Centro) e Cedral (Rua Felício Botino, 237, Centro).

No dia 9 de outubro, haverá conferência com Gastão Wagner de Souza Campos (Unicamp), no auditório João Yunes da FSP/USP, às 9 horas.