Debate: Memória e história da saúde em São Paulo, uma politização necessária

O evento “Memória e história da saúde em São Paulo, uma politização necessária” acontece no próximo dia 31, quinta-feira, às 11 horas, no auditório Paula Souza da Faculdade de Saúde Pública da USP. A APSP apóia.

O debate acontece em torno dos trabalhos recentes da Comissão da Verdade Rubens Paiva, da Assembleia Legislativa de São Paulo e do relatório sobre os laudos falsos do IML de São Paulo, que ocultaram o assassinato de opositores políticos durante a ditadura.

Na sequência, os expositores vão focar a (des)memória da saúde em SP, evidenciada não apenas pelo abandono do patrimônio arquivístico e museológico, equipamentos etc, bem como a necessidade da ação política consciente para está recuperação.

A mesa será formada por Adriano Diogo, Elzira Vilella, André Mota e Cristina Marques.

memória e história da saúde em sp