Dia 25: Seminário Internacional: Integrando os centros de parto normal ao sistema nacional de saúde: experiência do Reino Unido

Data: 25/10/2013
Local: Auditório João Yunes – Faculdade de Saúde Pública – Avenida Dr Arnaldo, 715
Horário: 14.00h as 17:00h

O grupo de Pesquisa Gênero e Saúde Materna da Faculdade de Saúde Pública da USP , em parceria com o Instituto de Saúde da SES-SP, promovem este seminário direcionado a gestores, formuladores de políticas públicas, profissionais de saúde, docentes, pesquisadores e usuárias dos serviços de saúde, além de representantes do poder legislativo e judiciário.

Este evento tem por objetivo discutir a experiência da Inglaterra na implementação dos Centros de Parto Normal, que são unidades de atendimento ao parto e nascimento, para mulheres com gestação de baixo risco. Estas mulheres, neste modelo, estão sob a responsabilidade da midwife, a parteira profissional, que faz parte do Sistema Nacional de Saúde (NHS) No Brasil, são as obstetrizes e enfermeiras obstétricas, profissionais capacitadas para o atendimento a mulheres de baixo risco, neste modelo.

Estas unidades têm sido implementadas naquele país com a finalidade de oferecer à mulher uma opção para o atendimento ao parto e nascimento. A abordagem é a promoção do “parto normal”, considerado de início espontâneo e sem uso de intervenções como episiotomia, fórceps ou analgesia peridural. Estas unidades têm potencial em oferecer um modelo de cuidado que considere a fisiologia e a normalidade, além de atender a expectativas das mulheres e familiares, quanto à experiência do parto significativa e segura, considerando os aspectos psicosociais e culturais envolvidos. Este modelo tem se mostrado seguro por sua característica de trabalhar com a parteira profissional e ser integrado ao sistema de saúde, com a estrutura de retaguarda, de um hospital de referência em que estas unidades localizam-se anexas o que garante sua segurança.

Este Seminário visa colaborar para a reflexão sobre a implementação de Centros de Parto Normal no âmbito da Rede Cegonha, considerando a recente Portaria nº 904, de 29 de maio de 2013.

As convidadas apresentarão resultados de estudos sobre a experiência na Inglaterra e o Seminário irá discutir as estruturas e os processos necessários, que necessitam ser considerados para apoiar o desenvolvimento e implementação dos Centros de Parto Normal, para promover excelente qualidade do cuidado com sustentabilidade no sistema de saúde.

“Nós apresentaremos as lições aprendidas por meio de nossos estudos sobre local e modelo de assistência ao parto, com foco específico em Centros de Parto Normal, incluindo os desafios e dificuldades encontrados, assim como soluções e exemplos de boas práticas” Christine McCourt.

As convidadas são :

Jane Sandall Division of Women´s Health. King´s College of London

Christine McCourt School of Health Sciences City University London

Será apresentado um ciclo de três conferências curtas e integradas, seguidas de discussão dinâmica coordenada por moderadoras com os participantes e com intervalo para café e chá sobre os seguintes temas:

1. Por que os centros de parto normal com a parteira profissional são importantes?
Resumo de evidências sobre os resultados destas unidades; evidências sobre a experiência das mulheres e dos profissionais;

2. Organização e gerenciamento dos Centros de Parto Normal, Gerenciamento e liderança necessários para o desenvolvimento, implementação e sustentabilidade do Centro de Parto Normal.
Serão discutidas também as relações profissionais, os modelos de composição de equipe que melhor funcionam, assim como problemas observados na capacitação da equipe, tensões profissionais e distorções do processo de tomada de decisão clínica;

3. O papel da ambiência do Centro de Parto Normal
Serão discutidas as relações entre ambiência e cuidado, diretrizes, auditoria e revisão do cuidado, protocolos clínicos, critérios para admissão e transferências, incluindo o manejo das transferências.

Estão previstos comentários previamente preparados de especialistas na área para motivar a discussão.

As palestras serão apresentadas com material visual em português e áudio em inglês com tradução consecutiva de todas as discussões e perguntas para facilitar a participação de todos.

Serão oferecidos certificados

AS INSCRIÇÕES DEVEM SER FEITAS NO SITE:

http://www.fsp.usp.br/site/eventos/mostrar/3621

Esperamos contar com sua valiosa participação e colaboração com comentários, perguntas e outras intervenções além da divulgação entre seus contatos.

Coordenação:

Dra Camilla Schneck Curso de Obstetrícia – EACH USP

Dra Carmen Simone Grilo Diniz – FSP USP
Dra Silvia Helena Bastos – Instituto de Saúde SES-SP

Comissão Organizadora: GEMAS FSP-USP

O evento conta com o apoio:

Comissão de Cultura e Extensão Universitária –  FSP-USP
Departamento de Saúde Materno-Infantil – FSP-USP
Instituto de Saúde SES-SP
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem – EEUSP
Grupo de Pesquisa Gênero e Saúde Materna FSP USP
Grupo de Pesquisa Enfermagem e assistência ao parto: agente modelos e práticas EEUSP
Curso de Obstetrícia – EACH USP
Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Nacional, Seccional SC e SP)
Rehuna
Reila Miranda Buffet