Encontro em São Paulo debate o Impacto do Ato Médico na Saúde Pública

A Associação Paulista de Saúde Pública (APSP) e o Fórum dos Conselhos Atividades Fim da Saúde (FCAFS) promoveram no dia 24 de agosto debate com tema “Impacto do Ato Médico na Saúde Pública”. O evento foi realizado no Auditório Paula Souza da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.

Mais de uma centena de profissionais de saúde, gestores e usuários compareceram à atividade. Oito Conselhos Profissionais e a APSP manifestaram as suas opiniões em relação ao Projeto de Lei, que está em apreciação no Senado Federal.

Houve consenso favorável em relação à posição da Medicina poder estabelecer procedimento de regulação de suas práticas. Entretanto, em nome das modernas práticas do cuidado com as pessoas e não só do tratamento de uma doença, a regulação de toda e qualquer profissão em saúde deve promover o cuidado integral em saúde e fomentar o trabalho das equipes multiprofissionais na Saúde Pública.

Os participantes do evento definiram a continuidade da mobilização no Estado de São Paulo e o envio de documento aos Senadores do Estado de São Paulo, para que estes se posicionem em defesa do trabalho em equipe na Saúde Pública.

Fotos – Ato Médico

[nggallery id=”1″]