Saúde Bucal: nota da APSP

A APSP se junta às entidades em defesa da Saúde Bucal Coletiva no Brasil e repudia todo e qualquer retrocesso na Política Nacional de Saúde Bucal do SUS. A troca de dirigentes do Ministério da Saúde alinhados à reforma sanitária por profissionais ligados ao mercado preocupa o movimento sanitário e trata uma política de estado como o SUS como uma política de governo, colocando em risco os avanços da saúde bucal na redução de desigualdades e na ampliação da garantia de direitos à saúde.

brasil sorridente
Foto: MS